top of page

Depois da traição

Cristina Santos 10/02/23 3 min para ler


Quando um casamento ou um relacionamento está em crise, e o casal se cala e não tenta cuidar para melhorar e juntos conseguirem uma solução, frequentemente, um terceiro entra em cena: algumas vezes o trabalho, outras vezes um filho ou os filhos, saídas com amigos e, muitas vezes, uma pessoa, um namorado ou namorada e profissionais do sexo.



Muitos cônjuges, sem perceber, estão reproduzindo um padrão familiar, onde o pai ou a mãe tiveram casos fora do casamento, e isso era aceito pelo casal, ou por um dos cônjuges. Racionalmente, podem não concordar com esse comportamento dos pais, mas reproduzem! Assim, não podemos banalizar esse legado e a força da família original: todos dois são muito fortes e exercem esse poder diretamente nos casais recém formados e ao longo de suas vidas amorosas.



O que fazer quando esse cenário vem à tona, seja lá por que motivo for?! Alguns optam pelo caminho mais fácil (eu acredito), pode parecer, que é a separação. Como se não houvesse redenção. Sem desculpas ou perdão! Mesmo havendo amor e muitas afinidades, e coisas boas na relação. Será que não valeria a pena parar, pensar, avaliar, valorizar o que foi conquistado e o que seria perdido, para aí então se tomar uma decisão?! Conversar, escutar, compreender o que está realmente acontecendo? Num casal nada é 100% de um: num casal, 50% de cada um!!



Muitos acreditam que recuperar um casamento ou relacionamento seria mais trabalhoso ou impossível, depois de acontecer uma traição. Não ocorreu a nenhum deles, do casal, que pessoas legais em bons casamentos são vulneráveis também! Muitos não consideraram quanta dor a sua ação poderia causar e quanto tempo isso levaria para se curar, tanto para quem traiu como para quem foi traído. Será que é possível recuperar a confiança e preservar uma relação, mesmo para aqueles que ainda estão em um terreno seguro ou para aqueles que a relação já está indo ladeira abaixo?



Casais que estão se recuperando de uma infidelidade ou passando por alguma dificuldade no relacionamento precisam saber e, talvez, acabar com algumas crenças, que podem ser equivocadas. Vamos lá refletir sobre certas coisas que parecem verdades, mas merecem ser avaliadas: um casamento feliz não é uma vacina contra a infidelidade; a pessoa que está tendo um caso pode não estar se dedicando o suficiente ao relacionamento mas também não deve estar recebendo o suficiente; é normal uma pessoa, mesmo comprometida, sentir atração por uma outra, achar interessante, mas fantasiar sobre estar com aquela pessoa é um sinal de perigo; flertar com alguém é cruzar a linha de proteção da relação, pois é um convite que indica receptividade; infidelidade não é só sobre amor ou sexo – é sobre manter as fronteiras adequadas com outras pessoas e ser honesto e aberto no seu relacionamento; casos extraconjugais românticos são caracterizados por sigilo, intimidade emocional e química sexual.


Casos românticos podem ser mais ameaçadores do que aventuras fugazes; pessoas comparam e confundem a intensidade de “estarem apaixonados” durante um caso com a segurança, o sentimento de conforto verdadeiro do amor que acontece nos relacionamentos de longo prazo, etc., etc.



Poderia citar mais várias hipóteses ou crenças relativas aos relacionamentos ou o que levaria à infidelidade, mas o que importa é que cada casal cuide da sua relação, diariamente. Quando perceberem estar diante de uma crise, ou início de uma, não esperar, adiar para se abrirem e procurarem as soluções! Soluções que irão ajudá-los a resgatar e proteger essa relação, de uma maneira que seja boa, amorosa e confiante, para que, enquanto casais, possam proteger esse amor e essa admiração, que em algum momento os uniu, para uma parceria amorosa e de vida!! Caso contrário, muitos irão procurar outras saídas que podem levar a desfechos infelizes, sem volta, e aí será tarde demais para algum recomeço!! Confira outras textos (AQUI) Cristina Santos (31) 3286-8566 | (31) 99127-9382 www.cristinasantospsicologa.com

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
bottom of page